domingo, 3 de junho de 2012

Titanic

Seu coração pulsa, empurra a minha mão. Acho que não tem nada mais gostoso que isso. Quem sabe talvez quando você fica me olhando, no começo eu me incomodava, mas agora quando você não me olha eu sinto falta.
Falta é o que eu mais sinto quando eu estou longe de você. E nos poucos dias e horas que nós temos para nós em nossas agendas desencontradas, eu te gravo ao máximo em mim. Só de fechar os olhos fica fácil te ver, de ouvir suas gracinhas eu te imagino, tem sido mais fácil aguentar a distância.
Eu te amo.
Simples assim.

Um comentário: