sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Capítulo 1

"Minha vontade era de gritar e botar tudo pra fora, afinal também sou humana e sou mulher! Não é que eu não goste do lance físico, mas também gosto de um demonstração de carinho e não só isso. Gosto de que todos saibam, que todos vejam. Demonstração pública de afeto. Acho que é só isso que eu quero agora...
Tem vezes que eu chego a pensar que ele não gosta mais ou que eu não sou importante, que ele não me quer e que não é recíproco. Não quero parecer aquela coitada que ele tem que suportar para não quebrar o coração. Bobeira na maioria das vezes.
Mas ainda assim, eu sinto que tem alguma coisa errada. Talvez ainda não tenha me acostumado com esse seu jeito ou talvez eu ainda não te conheça direito. Por que pouco eu sei, realmente... mas se perguntarem seu cor favorita eu simplesmente chutaria, arriscaria, porque nem disso eu tenho certeza.

Preto"

Um comentário:

Vivi Hitachiin disse...

Um texto bonito e sincero, assim como você.
Eu entendo exatamente a mensagem desse texto.
Mas não sou exatamente eu quem devo entender, não é?
Exija o que é seu de direito, amiga!
Uma das maiores causas dos desentendimentos entre os humanos é a falta de comunicação.
Não deixe isso acontecer com vc, viu? :)