terça-feira, 19 de agosto de 2008

Polaroides empoeiradas

"Nas fotos era tudo tão perfeito,
não tinhamos noção do que era o mundo e de quão grande ele era,
por isso vivíamos sem culpa.
Não pensávamos em conseqüências e responsabilidades.
Era só amizade e diversão.
Não me lembro, claramente, de tudo.
Acho que quando a gente cresce alguém apaga parte da infância, achando que não vai mudar nada na nossa vida, mas ao apagar esse pequeno pedaço, apaga o mais importante.
Nos faz esquecer a receita da felicidade."
(Taila F. Brasil)

2 comentários:

Renan Martins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
KrOu disse...

Aiin que saudades dela.. *-*
volta logo taii ;D