terça-feira, 11 de março de 2008

Carta ao Amigo

Querido Amigo ... não assim tá muito idiota!
Caro Amigo ... muito formal!
Amigo do meu coração ... piorou!
Amigo, (ah.. vou deixar assim se não não começo hoje!)
Primeiro tenho que falar que hoje é um dia muito importante para você, e que você deveria passar com amigos como eu, que por acaso(e esse acaso tem nome que eu não vou citar aqui, como também não direi o seu nome) eu não estou aí do seu lado comemorando, tô?
Mas naõ ligo para esse Acaso, Parabéns meu Amigo! Você merece sim tudo do bom e do melhor Apesar de te conhecer há menos de um ano, para mim você já é muito especial! (isso parece clichê, mas é tudo verdade para mim, assim como umas coisas que vou dizer agora.)
Amigo, como você é para mim um grande amigo, talvez você não me veja assim, mas vocÊ é muito importante para mim.
Queria te mostrar a realidade, queria que você pudesse tentar ENCHERGAR através da falsidade de uma pessoa que você ama. Esse Acaso já sabia que não gostava de mim, apesar de muito falarem que não, então resolvi dar uma chance, até porque não entendia como pessoas tão próximas de um amigo em comum poderia não se gostar, então por você eu dei uma segunda chance ao Acaso, tava tudo lindo, tava mudando os meu conceitos, aí acontece isto, quando eu e duas amigas fomos falar com vocÊ hoje é porque a gente se importa e se sentiu mal ao perceber que não éramos consideradas suas amigas próximas, mas depois que eu desabafei com uma amiga nossa, ela me explicou que não era sua culpa, você não sabia de nada, esse Acaso chamou as pessoas mais próximas dela, sem se importar que o aniversário não é dela! é seu! Esse acaso que me fez desfazer toda a boa impressão que tinha me passado esse ano e mostrou que mesmo eu sem nada contra, o Acaso não gostava de mim mesmo e fingia na mó cara de pau na sua frente e na frente de nossos amigos ser minha amiga.
Sei que você gosta muito do Acaso, por isso tá com ela, certo? mas tente parar de VER a MÁSCARA do Acaso e quem sabe você possa ENCHERAR a VERDADE.
Sinceramente, não estou te escrevendo para que fique triste, espero que você tenha entendido, que tenha sentido a falta hoje, nesse momento especial, de mim e de amigos que como eu foram traídos por esse Acaso.
Não me odeie, porque eu não quero o seu mal, nunca ia querer isso!
E mais uma vez : "Parabéns por hoje! Muita saúde, alegria! e PAZ!"

Da sua amiga que só quer o seu bem,
Taila

Um comentário:

KrOu disse...

Sinceramente amiga...
desfazer boas impressões já feitas
por motivos tão pequenos
não me parece uma boa coisa...
Quem sabe o "acaso" não soubesse de verdade que ele é tão importante para você??
E pára de ser paranóica amiga...
o "acaso" pelo menos a mim...
a naum parece ser do tipo que odeia e pronto...
não estou defendendo nem culpando ninguém...
Mas sabe o "acaso" naão me parece de todo ruim..
e se seu amigo gosta tanto assim do "acaso"
...
é pq com certeza tem algo de bom "nele"...
Não acho que seu amigo seja bobo a ponto de se enganar assim...
hááa quem sou eu aqui dizendo...
não julgo ninguém.. nem desgosto...
ao contrário.. desejo tudo de bom ao amigo e ao "acaso"...
soh fico meio triste de naum poder dizer isso.. (pq ia ser um clima horrível e bah..)
enfim...
é isso aí...

Te amo amiga.. deixa de se preocupar com essas coisas...
e lembra de sexta ~~..
rs..


-> e é aí que coadjuvantes se tornam personagens principais <-